No Combate à Hipertensão
Moderar o consumo do sal ajuda a manter a pressão sob controle
 
 

ARTIGOS DISCUTIDOS
Reunião da Unidade de Hipertensão do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo


ARTIGOS COMENTADOS
Prof. Dr. Décio Mion comenta importantes artigos.

DIRETRIZES E DOCUMENTOS
Abordagem da Hipertensão no Brasil e no mundo. Documentos e programações de eventos.

MAPA
Monitoração Ambulatorial da Pressão Arterial.


FOLHETOS

Atualização Científica em Hipertensão

CARTILHAS

Material para seus pacientes.

FÓRUM PARA MÉDICOS

Troque experiências com colegas de todo Brasil. Auxilie usuários também no fórum para dúvidas de leigos.

PRONAM
Atualize-se com os cursos do Programa Nacional de Monitoração da PA.

PALESTRAS E ATIVIDADES
Confira as apresentações e atividades públicas do Dr. Décio Mion em todo Brasil.


Prof. Décio responde

Nesta seção a Dra. Kátia Coelho Ortega sob a supervisão do Prof. Décio Mion, esclarece dúvidas
sobre Hipertensão Arterial. 
É importante ressaltar que as respostas aqui oferecidas não substituem 
a consulta e orientação do seu médico.

Inserir Pergunta

Busca no fórum:


Pergunta:o que significa arritmia extra-sistólica ventricular monomorficas
Autor:Rogerio L. Moreira
Data:13/5/2008 - 19:47


Respostas

Autor: Katia Coelho Ortega
Data: 17/5/2008 - 17:35
Resposta: Prezado Rogério A extrassístole é uma das arritmias mais freqüentes. É uma contração prematura que interrompe breve e subitamente o ritmo compassado do coração. As pessoas referem uma sensação como se o coração fosse parar, uma batida mais forte as vezes definida como “se o coração fosse sair pela boca”. Outros se referem como palpitações. De acordo com a origem são classificadas em extrassístoles atriais ou ventriculares. Podem ocorrer em pessoas com ou sem doença cardíaca. As extrassístoles atriais geralmente estão muitas vezes relacionadas a episódios de estresse , tabagismo e substâncias estimulantes como a cafeína. As extrassístoles ventriculares têm um aspecto mais bizarro. De acordo com sua freqüência podem ser inofensivas, mas quando se apresentam em grande número e em seqüência (salvas) são um forte indicativo da presença de doença cardíaca. Há necessidade de correlacionar o achado deste exame com outros exames além de sintomas. Atenciosamente, Katia Coelho ortega e Giovanio Vieira da Silva Supervisão: Prof. Dr. Décio Mion Jr.


MÉDICOS: Artigos Comentados | Prof. Décio responde | Diretrizes | Folhetos | MAPA | PRONAN
PACIENTES:
Cartilhas | Prof. Décio Responde | Respostas | Notícias Saúde e Hipertensão | Notícias Dr. Décio Mion
DR. DÉCIO:
Atividades | Livros | Clínica | Boletim | Entrevistas | Ligas Aparelhos | HC-FMUSP